Guia Sobre as Taxas e Despesas iniciais na Construção de uma casa

Neste artigo, falaremos das taxas essenciais para concretizar o sonho da construção de sua casa. Acompanhe para obter informações cruciais.
Guia sobre taxas e despesas iniciais na construção

Dar início à construção da própria casa é um marco significativo, repleto de expectativas e sonhos. No entanto, além do entusiasmo e dos planos arquitetônicos, é imprescindível ter uma compreensão clara e realista sobre os custos financeiros envolvidos.

Este artigo se propõe a ser um guia esclarecedor, destinado a ajudá-lo a desvendar as diversas taxas e custos associados à construção de uma residência.

Convido você a mergulhar conosco nessa jornada financeira, garantindo que seu projeto de construção seja não apenas bem-sucedido, mas também livre de surpresas indesejadas no aspecto financeiro.

Nesse conteúdo não irei deixar os valores específicos porque esses diferem de cidade para cidade, alguns são tabelados mas mesmo assim podem ter algumas oscilações e variações.

Mas vamos ver pelo menos 7 custos que você precisa se organizar, antes de iniciar a obra.

Se preferir, veja esse conteúdo em vídeo.

1º – Custos com a compra do terreno

Para que você transfira a posse do terreno para você é preciso fazer uma ESCRITURA PÚBLICA DE COMPRA E VENDA.

Aqui temos o seu primeiro gasto. Esse documento você fará no cartório notorial no tabelionato, e para a execução desse processo você terá mais um gasto que é um tributo municipal chamado: ITBI ( Imposto de Transmissão de bens imóveis.)

2º – ITBI (Imposto de Transmissão de Bens Imóveis)

Valor: 2% sobre o valor que você está declarando nesta escritura.
Exemplo: Você comprou um terreno e está declarando que o valor dele é de 100 mil reais o valor desse tributo de 2% será de 2 mil reais para o município.

3º – Funrejus

Esse é um fundo de reequipamento do poder judiciário, ele é 0,2% do valor que você está declarando. Então se você declarou 100 mil esse valor será de 200 reais.

Então até aqui já tivemos os seguintes gastos: Escritura para o tabelionato, o tributo municipal o ITBI 2% e o Funrejus de 0,2%.

Você já tem terreno e está em dúvida como quer sua casa?

Me envie uma mensagem agora e GANHE um estudo inicial do projeto da sua casa.

Vamos montar o projeto ideal para você e sua família juntos!

4º – Registrar o terreno no cartório de registro de imóveis.

Ainda não houve a transferência de posse de fato, para isso preciso pegar a escritura e registrar em um cartório de registro de imóveis. E agora sim esse terreno é seu!

5º Contratar um projeto arquitetônico

É imprescindível contar com um projeto arquitetônico bem elaborado, além de projetos complementares de engenharia. Esses documentos são cruciais não apenas para garantir que a sua residência seja planejada e construída de maneira eficiente e segura, mas também para assegurar a regularização do imóvel perante os órgãos competentes.

Dessa forma, você não só obtém uma moradia que atende a todas as suas expectativas e necessidades, como também evita possíveis complicações legais relacionadas à posse e uso do imóvel.

5.1º Pagamento de guias de ART de projetos

Para que você inicie o processo de solicitação do alvará de licenciamento para construção, é necessário que você tenha as ARTs dos projetos. Essas ARTs tem um custo que fica por sua responsabilidade, elas variam de acordo com o tamanho do seu projeto, mas em média ficam por volta de R$100,00.

6º Levantamento topográfico e sondagem de solo do terreno

Este é um aspecto crucial do processo, especialmente se o seu terreno apresentar variações de nível. Será necessário contratar um profissional em topografia para realizar um levantamento preciso, que envolve demarcar as fronteiras exatas do seu terreno e estabelecer os diferentes níveis do solo através do levantamento planialtimétrico.

Adicionalmente, não podemos esquecer da sondagem de solo, um procedimento essencial para a elaboração de um projeto estrutural sólido e seguro. A sondagem tem como objetivo principal investigar as características do solo e determinar a profundidade adequada para a instalação das estacas, garantindo assim a estabilidade da futura construção.

Portanto, esses são investimentos necessários que devem ser feitos ANTES de dar início à sua obra.

7º Alvará de licenciamento para construção.

Nesta etapa relacionada à Prefeitura, você encontrará diversas taxas e tributos municipais. Infelizmente, não é possível fornecer valores exatos para esses custos, pois eles variam de acordo com a localidade e as especificações do projeto. Será sua responsabilidade arcar com essas despesas a fim de obter a aprovação necessária para iniciar a construção de sua residência.

Espero sinceramente que estas informações tenham sido esclarecedoras e úteis para você.

PROCURANDO UM ARQUITETO PARA CONFIAR O PROJETO DA SUA CASA?

VEJA TUDO O QUE PODEMOS FAZER POR VOCÊ NA HORA DE

CONSTRUIR SUA FUTURA CASA!

Facebook
WhatsApp
Email

Add a Comment

Your email address will not be published. Required fields are marked *